jump to navigation

“Poema” 02/09/2016

Posted by Frater A'.' H'.' RAK in Poesias e Contos.
add a comment

Quem são estes que habitam na montanha,
louvando sete vezes o Deus trino,
cigarras ou formigas ou colméias,
nutrindo de orações o próprio céu?
Quem são esses de pé antes do dia,
que à própria eternidade se antecipam,
a viverem na terra como os anjos,
que não tiram de Deus os seus olhares.
Deixaram pai e mãe, mulher e filhos,
os campos a lavrar, meses de sonhos,
e à voz de Deus inclinam seus ouvidos.
Irradiam a paz dos que não lutam pelas poses e glórias deste mundo,
pois, escolhendo a Deus, possuem tudo.
(BARBOSA, Dom Marcos, O coro dos Monges, In: SANTOS, Diva Ruas Antologia da Poesia Mineira. Belo Horizonte: Cuatiara, 1992,p.140).

cistercienses

Anúncios

#Sem Nome 26/08/2016

Posted by Frater A'.' H'.' RAK in Poesias e Contos.
add a comment

Um hoje em momentos, uma vida em instantes.

Tantos atos translúcidos
Me crendo sensato
Não era lúcido, embora nu
Não era sóbrio, embora eu

De tudo e tantos,
A face dizia, sereno
O coração mal dizia, é veneno

Lágrimas, ou gotas de chuva
Me lavavam o ser
Afogavam a rouquidão

Lá, aquele, era eu
Todo nu, em banquete de amor
A taça ao alta, repleta de dor

ó meu momento sozinho
Minha alegria, meu conto sem lua

O ROUBO 29/04/2016

Posted by Frater A'.' H'.' RAK in Poesias e Contos.
Tags: , ,
add a comment

Roubam-me as letras
tiram-me com isto meu império
donde ainda serei rei senão nos prantos e mistérios

(mais…)

PASSEIO 12/04/2012

Posted by Frater A'.' H'.' RAK in Poesias e Contos.
Tags: , ,
add a comment

Compartilhando mais uma emanação da minha mente…
Hoje é um daqueles dias, dos tristes.. dos melancólicos,
um dia como todos os outros, sem chá
um dia que não se quer passar, mas se quer sentir,
ao menos uma vez na vida.
Tem momentos, em que se quer dar uma volta,
uma volta ali na esquina.
(mais…)

NÓS, OS OUTROS E O JULGAR 09/04/2012

Posted by Frater A'.' H'.' RAK in Poesias e Contos.
Tags:
add a comment

Divido com quem, por ventura, venha a cair neste blog uma mensagem que recebi por email e julguei muito boa para reflexão. O autor chama-se Fernando Martins, cujo site descobri este: http://www.stum.com.br/fernandomartins

Em tempos de Páscoa, a reflexão sempre é pertinente, ainda mais em um assunto tão lembrado pela figura mais citada neste momento, o Christus Yeshoua.

” Saudações,

Estava lendo as palavras de monja Coen em uma de suas palestras onde
lembrou do que lhe foi dito por uma superiora no templo japonês onde
começara sua vida monástica: A vida é como um jarro de vidro cheio de
pedras. De vez em quando, esse jarro é agitado e uma pedra esbarra na
outra. Claro que o choque incomoda; as partes pontiagudas machucam. Mas é
esse atrito que vai arredondando as peças. Nós nos lapidamos no contato com
o outro.

Brilhante como sempre a sabedoria zen e suas analogias. (mais…)

Conto Zen: O Nascimento de Buda 07/04/2012

Posted by Frater A'.' H'.' RAK in Poesias e Contos.
Tags: , , ,
add a comment

O Buda  que fundou a religião budista chama-se Shakyamuni. Shakya é o nome da família real no seio da qual ele nasceu e a palavra muni significa “o capaz”. Buda Shakyamuni nasceu em 624 a.C., em Lumbini, que na época fazia parte da Índia, mas hoje pertence ao Nepal. Sua mãe foi a rainha Mayadevi e seu pai, o rei Shudodana. (mais…)

Hino a Pã 27/10/2011

Posted by Frater A'.' H'.' RAK in Poesias e Contos.
Tags: , ,
add a comment

Uma das poucas criações de Aleister Crowley (Mestre Térion) que eu realmente gosto é esta, o Hino a Pã (Hymn to Pan). Este hino foi publicado no prefácio de um de seus livros, “Magick in Theory and Practice”; e traduzido para o português em 1931 pelo conhecido Fernando Pessoa, de quem, oportunamente, falarei, bem como de seus estudos ocultistas. (mais…)

Conto Zen: A Rocha 01/10/2011

Posted by Frater A'.' H'.' RAK in Poesias e Contos.
Tags: , , ,
add a comment

O aluno perguntou ao Mestre:

– Como faço para me tornar o maior dos guerreiros?

– Vá atrás daquelas colina e insulte a rocha que se encontra no meio da planície.

– Mas para que, se ela não vai me responder?

– Então golpeie-a com a tua espada.

– Mas minha espada se quebrará! (mais…)

ADÃO KADMON 23/09/2011

Posted by Frater A'.' H'.' RAK in Poesias e Contos.
Tags: , , ,
add a comment

Eu sou a mosca do paraíso
a fonte seca,
o endosso da injustiça.
A constante indecisão!
Eu sou aquele que não tem nome, e se esconde por trás de qualquer nome.
Rosto, face, forma, figuras
… me são todas conhecidas
disto uso para enganar e engendrar minhas teias, mas dela também sou cativo.
Fui livre, fui puro, fui bom.
No passado, isto me era natural, até que tudo ruiu
ruiu de tudo, e meus atos enegreceram…
Meu mal? (mais…)

Conto Zen: Inferioridade 03/09/2011

Posted by Frater A'.' H'.' RAK in Poesias e Contos.
Tags: , , , ,
add a comment

Um samurai, conhecido por todos pela sua nobreza e honestidade, veio visitar um monge Zen em busca de conselhos. Entretanto, assim que entrou no templo onde o mestre rezava, sentiu-se inferior, e concluiu que, apesar de toda a sua vida ter lutado por justiça e paz, não tinha sequer chegado perto ao estado de graça do homem que tinha à sua frente. (mais…)